Rixa entre pastores termina em vandalização da igreja - Na Mira do Crime
Sábado, 21 de Nov 2020 24ºC Luanda, Angola

Recentes

Capturados marginais que violaram professora de 54 anos de idade, vítima foi golpeada com martelos na cabeça TALATONA: Marginais vestidos com coletes do SIC sequestram irmãs e pedem resgate de 2 milhões de Kwanzas DIIP-Zango detém marginal altamente perigoso de nome “Boutique” Grupo de marginais “Craveras” e “Os Tribunais” controlam parte do Zango 4
×

Rixa entre pastores termina em vandalização da igreja

Rixa entre pastores termina em vandalização da igreja


Pastores provenientes da RDC, pertencentes à comunidade Evangélica Cristã Carismática em Angola (C.E.C.A) Centro Mirele, localizada no bairro da Sapú, município de Kilamba Kiaxi, em Luanda, encontram-se de costas viradas, porque cada um deles procura ser chefe da denominação religiosa

Por: Kihunga Bessa

Trata-se dos pastores Samuel e Nbongue, ambos provenientes da vizinha República Democrática do Congo que, postos em Angola, tornaram-se pastores da igreja acima referida.

Tudo começou com a morte de Adolfo Matondo Vieira, dono e fundador da referida igreja, que, em vida, viajou para Camarões com proposta de estudar teologia, deixando o pastor Samuel para que ajudasse os filhos nos pagamentos das propinas e não só.

Depois de sua morte, o pastor Samuel em colaboração com a família do falecido, supostamente forjaram documentos para apropriar- se da igreja.

Desde 2015 até à presente data nunca mais quiseram saber dos filhos do fundador.

Isabel Rafael John, esposa do falecido, informou ao NA MIRA DO CRIME que apercebendo- se da situação, uma vez que se tratava de herança dos filhos, achou conveniente vender a igreja ao pastor Nbongue, actual dono que só terá posse no dia 22 do corrente mês.

Acrescentou que o pastor Samuel, descontente com o novo proprietário, na manhã desta terça-feira, 02, convidou os seus crentes a vandalizarem a igreja, arrancando o tecto e quebrando o altar, os mosaicos, assim como a remoção de todos bens no interior da igreja, e prometendo mais violência.

Os fiéis, por sua vez, ameaçam o novo dono se não abandonar o recinto. Importa referir que o falecido deixou 5 filhos.

Você pode partilhar este post!




Artigos Relacionados