Sábado, 21 de Nov 2020 24ºC Luanda, Angola

Recentes

Promotores de prostituição de adolescentes detidos em Luanda Desmantelada rede de tráfico de marfim no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro Detidos efectivos das Forças Especiais que comercializam munições de AKM Polícia começou a "desarmar" empresas de segurança
×

Babysitter engravida de menino de 11 anos que estava ao seu cuidado

Babysitter engravida de menino de 11 anos que estava ao seu cuidado


Pais da vítima tratavam agressora como filha e foram visitá-la ao hospital quando teve bebé sem saber que estavam a olhar para o neto.

Uma norte-americana de 28 anos foi condenada a 20 anos de prisão, na Florida, por ter abusado sexualmente de um rapaz de 11 anos, de quem engravidou.

Marissa Mowry tinha 22 anos quando, no início de 2014, começou a tomar conta da vítima, atualmente com 17 anos.

Os abusos terão começado pouco depois, uma vez que Marissa Mowry deu à luz no outono desse ano. Os pais da vítima mantinham uma relação muito próxima com a babysitter e foram até visitá-la ao hospital. Acharam que o bebé era do seu namorado, refere o jornal local Tampa Bay Times.

Foi só passados três anos, que o filho conseguiu contar à mãe que tinha sido abusado sexualmente pela mulher que os seus pais tratavam quase como uma filha.

Os progenitores apresentaram queixa contra Marissa Mowry e foi ordenado um teste de ADN que confirmou que o bebé nascido em 2014 era filho da vítima, adiantou o mesmo jornal.

A mãe da vítima esteve em tribunal onde fez questão de chamar a atenção para idade do filho quando os abusos começaram. “Estamos falar de uma criança que tinha onze anos. Não era sequer adolescente”, sublinhou. A antiga babysitter acabou por ser condenada a vinte anos de prisão, além de ficar registada como agressora sexual durante as próximas décadas.

O pai, hoje com 17 anos e a acabar o Ensino Secundário, esteve em tribunal acompanhado pelo filho que teve com a arguida, e que está à guarda da sua família.

A avó do criança, atualmente com cinco anos, disse que é o seu filho quem o leva à creche antes de ir para a escola, e que depois das aulas faz questão de brincar com ele.

“Não arruinou a nossa vida, mas mudou-a por completo”, frisou a mãe do jovem pai que, nas palavras da sua progenitora, se tornou “num dos mais incríveis pais”.

Você pode partilhar este post!




Artigos Relacionados