Sábado, 21 de Nov 2020 24ºC Luanda, Angola

Recentes

Fiscalização de Viana ‘deixa cair’ 32 'casas' por ocupação ilegal de terreno Efectivo dos Serviços Prisionais mata a tiro jovem de 19 anos de idade Não há qualquer processo aberto contra Adalberto Costa Júnior - Garante PGR Turquia anuncia crédito de 500 milhões de dólares para Angola
×

Polícia moçambicana abateu líder dissidente da Renamo

Polícia moçambicana abateu líder dissidente da Renamo


Em Moçambique, Mariano Nhongo, o líder da auto proclamada junta militar, grupo de guerrilheiros dissidentes da Renamo, foi abatido esta segunda-feira, 11, pela polícia.  O anúncio foi feito pelo comandante-geral da Polícia da República de Moçambique numa declaração em Maputo.

Mariano Nhongo foi abatido por volta das 7 horas da manhã, numa mata do distrito de Cheringoma, província de Sofala, centro do país, durante uma troca de tiros com uma patrulha da polícia. Segundo Bernardino Rafael, foram recuperadas três armas do tipo metralhadora AK47, 96 balas e uma pistola.

Recorde-se que este grupo de antigos guerrilheiros tem contestado a liderança no maior partido da oposição em Moçambique e os termos do processo de Desarmamento, Desmobilização e Reintegração, decorrentes do acordo de paz de agosto de 2019, tendo protagonizado desde então ataques armados no centro do país, dos quais resultaram pelo menos 30 mortes

Você pode partilhar este post!




Artigos Relacionados