Padrasto mata a enteada de dois anos a paulada por defecar enquanto ele jantava - Na Mira do Crime
Sábado, 21 de Nov 2020 24ºC Luanda, Angola

Recentes

Capturados marginais que violaram professora de 54 anos de idade, vítima foi golpeada com martelos na cabeça TALATONA: Marginais vestidos com coletes do SIC sequestram irmãs e pedem resgate de 2 milhões de Kwanzas DIIP-Zango detém marginal altamente perigoso de nome “Boutique” Grupo de marginais “Craveras” e “Os Tribunais” controlam parte do Zango 4
×

Padrasto mata a enteada de dois anos a paulada por defecar enquanto ele jantava

Padrasto mata a enteada de dois anos a paulada por defecar enquanto ele jantava


(imagem ilustrativa)

Um cidadão de 52 anos de idade foi detido no domingo, 14, na localidade de Chipa, município do Cuvelai, província do Cunene, acusado de ter morto a paulada a enteada de dois anos de idade, por defecar ao seu lado quando jantava.

O acusado, detido pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), depois da denúncia feita pela mãe,  desferiu um golpe mortal na região craniana da vítima, por considerar que aquele acto (defecar ao seu lado) ser um acto anormal na sua tradição.

Em declarações à Angop, o porta-voz do comando provincial da Polícia Nacional no Cunene,  intendente Nicola Tuvecalela, considerou “bárbaro” este  acto, que devia ser evitado pelo autor, por se tratar de uma criança.

Para o sociólogo Vieira Chuwila, este comportamento do padrasto demonstra, mais uma vez, a ruptura que está  a sofrer o tecido familiar  na sociedade angolana, daí a necessidade de se estudar melhor o modelo de convivência social que queremos.

Você pode partilhar este post!




Artigos Relacionados