Sábado, 21 de Nov 2020 24ºC Luanda, Angola

Recentes

Promotores de prostituição de adolescentes detidos em Luanda Desmantelada rede de tráfico de marfim no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro Detidos efectivos das Forças Especiais que comercializam munições de AKM Polícia começou a "desarmar" empresas de segurança
×

Comissário da PNA acusado de burlar 15 milhões de kwanzas notificado pela PGR

Comissário da PNA acusado de burlar 15 milhões de kwanzas notificado pela PGR


O comissário chefe da Polícia Nacional na reforma, António de Jesus Miranda Guedes, foi notificado pela Direcção Nacional de Acção Penal (DNIAP), tendo prestado declarações nas instalações daquele órgão afecto à PGR, em Dezembro último.

A alta patente da PN, que é acusado de ter burlado a quantia de 15 milhões de Kz, a pretexto de intermediar um negócio para a compra de terras na província do Kwanza Sul, conforme denúncia feita pelo Club K em Dezembro de 2020.

O comissário foi constituído arguido no processo n.º 39/20, e
comprometeu-se a honrar a dívida no mesmo mês junto dos lesados, nomeadamente Nelson Lubamba e Anita Dombe, algo que até agora não aconteceu.

Confrontado com assunto, o comissário António Guedes alegou que não podia prestar declarações ao telefone por encontrar a viver na cidade do Huambo, local onde, segundo ele, podia ser localizado pelos jornalistas.
Recorde-se que Miranda Guedes já foi delegado do Ministério do Interior e comandante da PN nas províncias do Huambo, Moxico e Cunene, e é sócio gerente da fábrica de Água mineral São Gonçalo, localizada na província do Huambo.

C/Club K

Você pode partilhar este post!




Artigos Relacionados