Violada por desconhecidos: SIC deteve mulher que interrompeu gravidez e deitou o nado morto numa lix - Na Mira do Crime
Sábado, 21 de Nov 2020 24ºC Luanda, Angola

Recentes

Mototaxistas tentam invadir Comando Municipal de Viana Sexo e bebedeiras no posto de Polícia: Agente da polícia espanca namorada no interior da esquadra Sobrinho que matou o tio por causa de 2 milhões de kwanzas condenado a 20 anos de cadeia Oito meses de Cadeia: Tribunal do Dande condena grupos de bandidos envolvidos em rixas
×

Violada por desconhecidos: SIC deteve mulher que interrompeu gravidez e deitou o nado morto numa lixeira

Violada por desconhecidos: SIC deteve mulher que interrompeu gravidez e deitou o nado morto numa lixeira


O Serviço de Investigação Criminal (SIC), no Uíge, deteve nesta terça-feira, 10, uma cidadã de 34 anos de idade, indiciada no crime de interrupção de gravidez de aproximadamente sete meses.

Por: Carla Nayara

Segundo a acusada, a gravidez era fruto de uma violação que a mesma sofreu por elementos desconhecidos, e isso a motivou a interromper a gravidez, porque não queria ter um filho cujo o pai é desconhecido.

O NA MIRA sabe que o crime de interrupção de gravidez  ocorreu no bairro Kilala, no município do Uíge, onde a acusada consultou um suposto enfermeiro (em fuga), que aplicou uma injecção para provocar o aborto.

A detida, já foi presente ao Ministério Público para a legalização da situação carcerária, enquanto diligências estão em curso para a localização e detenção do suposto enfermeiro.

 

 

 

Você pode partilhar este post!




Artigos Relacionados