Sábado, 21 de Nov 2020 24ºC Luanda, Angola

Recentes

Participação do PR na 76ª sessão das Nações Unidas custa 2 biliões e 500 milhões de kwanza aos cofres do Estado Detidos marginais que simulavam serviço de táxi e roubavam telemóveis aos passageiros Assaltos à mão armada: Motoqueiros armados com AKM tiram o sono as Forças de Defesa Segurança Huíla: Detidos cidadãos com mais de 2 milhões de dólares falsos
×

Violada por desconhecidos: SIC deteve mulher que interrompeu gravidez e deitou o nado morto numa lixeira

Violada por desconhecidos: SIC deteve mulher que interrompeu gravidez e deitou o nado morto numa lixeira


O Serviço de Investigação Criminal (SIC), no Uíge, deteve nesta terça-feira, 10, uma cidadã de 34 anos de idade, indiciada no crime de interrupção de gravidez de aproximadamente sete meses.

Por: Carla Nayara

Segundo a acusada, a gravidez era fruto de uma violação que a mesma sofreu por elementos desconhecidos, e isso a motivou a interromper a gravidez, porque não queria ter um filho cujo o pai é desconhecido.

O NA MIRA sabe que o crime de interrupção de gravidez  ocorreu no bairro Kilala, no município do Uíge, onde a acusada consultou um suposto enfermeiro (em fuga), que aplicou uma injecção para provocar o aborto.

A detida, já foi presente ao Ministério Público para a legalização da situação carcerária, enquanto diligências estão em curso para a localização e detenção do suposto enfermeiro.

 

 

 

Você pode partilhar este post!




Artigos Relacionados