Sábado, 21 de Nov 2020 24ºC Luanda, Angola

Recentes

Promotores de prostituição de adolescentes detidos em Luanda Desmantelada rede de tráfico de marfim no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro Detidos efectivos das Forças Especiais que comercializam munições de AKM Polícia começou a "desarmar" empresas de segurança
×

Ministro da Energia e Águas nega ter desviado USD 16 milhões

Ministro da Energia e Águas nega ter desviado USD 16 milhões


O Ministério da Energia e Águas (Minea) denunciou, em Luanda, a existência de uma campanha caluniosa contra o departamento ministerial, “que surge na sequência da rescisão de vários contratos celebradas com empresas privadas”.

Em nota chegada à nossa Redacção, o Minea considera falsas e caluniosas informações veiculadas por cidadãos anónimos em alguns órgãos de imprensa e redes sociais, sublinhando que o assunto será tratado em sede própria.

Nos últimos dias, várias acusações circularam nas redes sociais contra o ministro da Energia e Águas, João Baptista Borges, uma das quais fazendo referência a uma suposta transferência de USD 16 milhões do Ciclo Combinado do Soyo para uma empresa supostamente falida com sede no Funchal.

A propósito, o Minea adverte que responsabilizará criminalmente todos os cidadãos que têm prestado, de forma recorrente, essas informações, para denegrir o bom nome e a reputação dos responsáveis e o titular da pasta ministerial.

O Minea avança que os actores dessas informações já estão identificados.

Você pode partilhar este post!




Artigos Relacionados