Cabinda: Curandeiro da RDC viola enteadas de 12 e 17 anos de idade durante ‘cura espiritual’ - Na Mira do Crime
Sábado, 21 de Nov 2020 24ºC Luanda, Angola

Recentes

Mototaxistas tentam invadir Comando Municipal de Viana Sexo e bebedeiras no posto de Polícia: Agente da polícia espanca namorada no interior da esquadra Sobrinho que matou o tio por causa de 2 milhões de kwanzas condenado a 20 anos de cadeia Oito meses de Cadeia: Tribunal do Dande condena grupos de bandidos envolvidos em rixas
×

Cabinda: Curandeiro da RDC viola enteadas de 12 e 17 anos de idade durante ‘cura espiritual’

Cabinda: Curandeiro da RDC viola enteadas de 12 e 17 anos de idade durante ‘cura espiritual’


Um cidadão da República Democrática do Congo (RDC), de 46 anos de idade, suposto curandeiro, a residir na província de Cabinda, foi detido no sábado, 12, pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), por abusar sexualmente duas enteadas, menores de 12 e 17 anos de idade.

Por: Carla Nayara

De acordo com testemunhas, o suposto curandeiro alertou a sua esposa, mãe das vítimas, que as filhas estavam possuídas por espíritos malignos (marido nocturno). Para se livrarem do mal, explicou que eram necessários rituais de cura e libertação.

Assim sendo, o acusado, sem que a mãe das crianças se apercebesse, aproveitava-se do suposto tratamento, mantinha relações sexuais com as filhas da senhora, com a qual vivia 8 anos.

Tão logo a mulher teve conhecimento através de vizinhos, expulsou as filhas de casa, alertou as autoridades que prontamente procederam a detenção do violador.

Você pode partilhar este post!




Artigos Relacionados