Oficiais do SIC detidos por cobrarem mais de 10 milhões de Kwanzas para ‘arquivar’ mandado de d - Na Mira do Crime
Sábado, 21 de Nov 2020 24ºC Luanda, Angola

Recentes

Filho mata a mãe ‘por engano’ no Huambo Lussaty e companhia começam a ser julgados hoje Mais de 40 corpos encontrados num camião abandonado no Texas Beneficiários do BPC Salário descontentes com morosidade denunciam actos de corrupção
×

Oficiais do SIC detidos por cobrarem mais de 10 milhões de Kwanzas para ‘arquivar’ mandado de detenção

Oficiais do SIC detidos por cobrarem mais de 10 milhões de Kwanzas para ‘arquivar’ mandado de detenção


Cinco efectivos do Serviço de Investigação Criminal (SIC), estacionados na província da Huíla, com idades compreendidas entre 38 e 50 anos de idade, sendo um superintendente, colocado no departamento de operações municipal do SIC-Lubango, um inspector-chefe, colocado no departamento de operações do município do Lubango, um inspector, também colocado no departamento de operações, bem como um 2º subchefe colocado no departamento do crime organizado, foram detidos, em Maio, por cobrarem mais de 10 milhões de kwanzas a um cidadão que pesava sobre si um mandado de detenção.

Por: Ngunza Chipenda  

As detenções foram cumpridas seguindo ordem do Ministério Público, depois que o cidadão procurado pela justiça foi detido, e este ter denunciado que pagava propinas para os efectivos do SIC, em troca da sua liberdade, que totalizaram mais de 10 milhões de kwanzas.

Assim sendo, a digna procuradora do MP exarou os devidos mandados de detenção e os mesmos foram cumpridos.

O NA MIRA DO CRIME sabe que, após primeiro interrogatório dos efectivos, foi aplicada a medida mais gravosa, que é a prisão preventiva, por estes estarem implicados no crime de recebimento indevido de valores.

O SIC trabalha para aferir, quanto de dinheiro os efectivos conseguiram retirar do bolso do referido cidadão.

Você pode partilhar este post!




Artigos Relacionados