Corpo de mulher de 22 anos encontrado na via pública sem vestígios de agressão física ou sexual - Na Mira do Crime
Sábado, 21 de Nov 2020 24ºC Luanda, Angola

Recentes

Capturados marginais que violaram professora de 54 anos de idade, vítima foi golpeada com martelos na cabeça TALATONA: Marginais vestidos com coletes do SIC sequestram irmãs e pedem resgate de 2 milhões de Kwanzas DIIP-Zango detém marginal altamente perigoso de nome “Boutique” Grupo de marginais “Craveras” e “Os Tribunais” controlam parte do Zango 4
×

Corpo de mulher de 22 anos encontrado na via pública sem vestígios de agressão física ou sexual

Corpo de mulher de 22 anos encontrado na via pública sem vestígios de agressão física ou sexual


Moradores do Distrito Urbano da Camama, território operacional do município de Talatona, acordaram nesta quinta-feira, 28, com a presença de um cadáver estatelado nas imediações dos Condomínios “Parque das Acácias e Tulipa Negra”.

Por: Carla Nayara

O NA MIRA DO CRIME sabe que a vítima enquanto em vida atendia pelo nome Amélia Manuel Fernando, nasceu no dia  29 de Julho, num dia como hoje, no ano de 2000.

É natural do Quilende Cambambe, província do Cuanza Norte e, segundo dados do BI, residia no bairro Futungo, Samba, zona 3 rua e casa sem número.

Este jornal sabe que, as circunstâncias da morte da jovem ainda não estão determinadas, mas, presume-se que foi em outro local, por volta 24horas, tendo o corpo sido depositado naquele local.

A mesma foi encontrada com uma carteira, onde continha o BI e outros objectos pessoais.

Numa visão primária efectuadas por especialistas do SIC, não encontram vestígios de espancamento nem de agressão Sexual.

No entanto, o NA MIRFA DO CRIME atrás do acontecimento, aguarda o resultado do laboratório, e procura encontrar a morada da vítima para mais esclarecimentos.

Você pode partilhar este post!




Artigos Relacionados