Violação e Cárcere privado: Menina de 14 anos violada por 11 elementos no município da Quiçama - Na Mira do Crime
Sábado, 21 de Nov 2020 24ºC Luanda, Angola

Recentes

URGENTE: Acidente de viação no Patriota envolvendo 4 viaturas mata efectivo da PNA Governador de Luanda faz primeira visita de auscultação Detido cidadão que matou amigo e tentou desfazer-se do corpo queimando-o com plástico Fim de 'Balotelli' - Líder do grupo UTC morto à facada e cortado pénis pelo grupo rival
×

Violação e Cárcere privado: Menina de 14 anos violada por 11 elementos no município da Quiçama

Violação e Cárcere privado: Menina de 14 anos violada por 11 elementos no município da Quiçama


Uma menor de 14 anos de idade, que estava desaparecida da casa dos seus progenitores há mais de 18 dias, foi encontrada na Comuna da  Muxima, em casa de uma senhora apenas identificada por Chinda.

Por: Carla Nayara

Dados que constam na Direcção de Investigação de Ilícitos Penais (DIIP) consultados pelo NA MIRA DO CRIME, dão conta que a menina terá sido levada de casa pelos jovens, ainda no mês de Agosto, e encaminhada até a residência da senhora, cúmplice onde, depois de ser drogada, a adolescente foi abusada sexualmente por aproximadamente 20 dias.

Depois de a família da menina procura-la em tudo quanto é canto, alguém terá dado uma pista do local onde a pequena se encontrava.

Busca e localização  

Assim sendo, nesta quinta-feira, 08, por volta das 11horas, familiares da menina deslocaram-se até a Secção Municipal de Investigação de Ilícitos Penais (SMIIP), da Quiçama, onde foi feita uma participação.

Os efectivos, em coordenação com o núcleo da Brigada Anti-Crime (BAC) da Muxima, despoletaram uma aturada investigação que culminou com a localização e detenção de 4 dos 11 elementos implicados no crime.

Entre os 4 capturados, dois são menores de 16 e 17 anos de idade.

O NA MIRA DO CRIME sabe que a menina identificou pelo menos 11 jovens que a abusavam dela sexualmente, sendo que, era reiteradas vezes  drogada com substâncias que os violadores colocavam em bebidas alcoólicas.

Enquanto seguem as investigações, a Polícia tudo faz para deter a senhora, dona da residência, que está em fuga.

Você pode partilhar este post!




Artigos Relacionados