DIIP detém cidadão que abusava sexualmente da filha de 08 anos com conivência da esposa - Na Mira do Crime
Sábado, 21 de Nov 2020 24ºC Luanda, Angola

Recentes

Novo aeroporto tem capacidade para movimentar 15 milhões de passageiros por ano LIMA realiza segunda reunião ordinária com olhos postos no empoderamento da mulher NOTA NEGATIVA: Péssimo trabalho do GCI-MININT condiciona trabalho da Imprensa Cidadão nigeriano detido pelas forças policiais de Belas com mais de cem placas electrónicas furtadas  
×

DIIP detém cidadão que abusava sexualmente da filha de 08 anos com conivência da esposa

DIIP detém cidadão que abusava sexualmente da filha de 08 anos com conivência da esposa


A Polícia Nacional, através do Departamento de Investigação de Ilícitos Penais, DIIP, do Comando Provincial de Luanda, deteve 16 elementos com idades compreendidas entre 20 e 26 anos, implicados nos crimes de homicídio, roubo e abuso sexual, com destaque para um casal cujo marido abusava sexualmente uma menor de 8 anos, sua filha, com a conveniência da esposa.

Por: Kihunga Bessa

Segundo o Porta-voz da Polícia em Luanda, Superintendente, Nestor Goubel, no âmbito da operação denominada “Pincel Azul”, a Polícia realizou várias operações que resultaram na detenção desses indivíduos por práticas de vários crimes, tendo como destaque um cidadão de nome Simão Paulino, de 42 anos, acusado de abusar sexualmente a filha de criação (sobrinha da esposa) que vive com ele há mais de dois anos.

Vendo o marido detido, a esposa tentou subornar as autoridades com 150 mil Kwanzas, mas também acabou detida por tal comportamento.

O porta-voz informou também que, dentro da referida operação e por causa de algumas diligências, procedeu à recuperação de vários bens como: 06 televisores plasmas de polegadas diversas, 05 botijas de gás de cozinha sendo três laranjas e duas azuis, 06 armas de fogo, das quais 03 AKM e 03 pistolas, 03 motorizadas, 08 sacos de liamba, dentre outros bens.

Disse, por outro lado que a operação “Pincel Azul” vai continuar de formas a garantir a segurança aos cidadãos, e pede a colaboração de cada um para ajudar as autoridades.

Importa referir que os elementos ora detidos serão presentes ao ministério público para responsabilização criminal.

Você pode partilhar este post!




Artigos Relacionados