Sábado, 21 de Nov 2020 24ºC Luanda, Angola

Recentes

Participação do PR na 76ª sessão das Nações Unidas custa 2 biliões e 500 milhões de kwanza aos cofres do Estado Detidos marginais que simulavam serviço de táxi e roubavam telemóveis aos passageiros Assaltos à mão armada: Motoqueiros armados com AKM tiram o sono as Forças de Defesa Segurança Huíla: Detidos cidadãos com mais de 2 milhões de dólares falsos
×

Altamente perigosos: Marginais Dilobra e Leo que actuavam principalmente nos arredores do Cazenga caçados pelo SIC

Altamente perigosos: Marginais Dilobra e Leo que actuavam principalmente nos arredores do Cazenga caçados pelo SIC


Dois marginais que se dedicavam a assaltos a mão armada, nomeadamente Dilobra, solteiro de 28 anos de idade e Leo, solteiro de 25 anos de idade, naturais da Província do Uíge, residentes em Luanda, no município do Cazenga, bairro Mabor, foram capturados pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC).

Por: Belchior Resende

De acordo com o porta-voz do SIC-Nacional, superintendente-chefe Manuel Halawia, a detenção aconteceu em sede da Operação Cacimbo, através da Direcção Central de Operações que realizaram actividades de enfrentamento, e que culminou com a detenção destes dois marginais, que estão  envolvidos na prática de roubo em residências, estabelecimentos comerciais e na via pública, com recurso à arma de fogo e transportados por motorizada.

O NA MIRA sabe que em posse destes bandidos foram encontrados duas armas de fogo, sendo uma do tipo Akm de cano serrado e uma pistola de marca Star, com os números ilegíveis e uma motorizada que usavam nas suas acções, de marca Kawasaki, cor vermelha, quandro N° B054002, sem matrícula.

Casos esclarecidos

De acordo com o oficial do SIC, com a detenção destes indivíduos, vários assaltos em distintas artérias da cidade, antes dados com autores desconhecidos foram agora esclarecidos, com destaque para o roubo qualificado de 500 mil kwanzas, cometido recentemente na via pública, nas imediações do bairro Palanca, e dois Roubos em residências no Cazenga, entre outros aos quais estão devidamente indiciados.

 

Você pode partilhar este post!




Artigos Relacionados