Belas e perigosas: Desmantelada associação criminosa lideras por três jovens mulheres - Na Mira do Crime
Sábado, 21 de Nov 2020 24ºC Luanda, Angola

Recentes

Capturados marginais que violaram professora de 54 anos de idade, vítima foi golpeada com martelos na cabeça TALATONA: Marginais vestidos com coletes do SIC sequestram irmãs e pedem resgate de 2 milhões de Kwanzas DIIP-Zango detém marginal altamente perigoso de nome “Boutique” Grupo de marginais “Craveras” e “Os Tribunais” controlam parte do Zango 4
×

Belas e perigosas: Desmantelada associação criminosa lideras por três jovens mulheres

Belas e perigosas: Desmantelada associação criminosa lideras por três jovens mulheres


Uma associação de malfeitores, composta por 11 elementos, dos quais três mulheres, que realizavam assaltos em toda extensão do território, foi desmantelada por efectivos do SIC-Luanda, colocados no Distrito Urbano do Ngola Kiluanje, município de Luanda.

Por: Ngunza Chipenda

Os marginais, com idades compreendidas entre 18 e 23 anos de idade, estão implicados em 8 Crimes de Roubo Qualificado, ocorridos no município de Luanda.

Durante as suas acções NOCTURNAS e de quando em vez A LUZ DO DIA, os bandidos, violentos, munidos com arma de fogo do tipo AKM, ameaçavam as vítimas de morte, para facilitar o ilícito.

Em investigações, o SIC determinou que foram alvos deste grupo duas padarias localizadas no Distrito Urbano do Hoje-Ya-Henda, (dia 24 MARÇO de 2022) e outra no Distrito Urbano 11 de Novembro, (dia 04 JULHO2022), as duas situadas no município do Cazenga.

Foram ainda alvos desta associação, 7 residências; uma igreja (onde roubaram 05 Telemóveis de diversas marcas e outros pertences dos crentes) bem como a pacatos cidadãos que circulavam na Via Pública.

Preferências:

O grupo de bandidos tinha como preferência de assaltos TV,s Plasmas, Telemóveis, Botijas de Gás Butano, Computadores Portáteis, Aparelhos de Som, Carteiras de Bolso, Fogões a gás e Arcas Frigoríficas.

SIC em cena apresenta trabalho realizado no terreno

Depois de desbaratados, o grupo foi apresentado ontem, quarta-feira, 03, à imprensa: Tomando a palavra, o porta-voz do SIC-Luanda, Superintendente-Chefe, Fernando de Carvalho, explicou que o trabalho é fruto de investigação e inteligência criminal dos operativos do Distrito e, durante conversa que manteve com a Mãe de uma das implicadas, falou de questões psicossociais ligadas à juventude que envereda por práticas criminais.

O oficial deixou conselhos com vista aos pais poderem guiar os filhos para comportamento e condutas adequadas, sendo que boa parte dos assaltos foram realizados em residências próximas, e os lesados eram devidamente identificados.

A estes, o SIC restitui alguns meios recuperados, facto que os levou, em sede de entrevista a imprensa, a engradecerem o trabalho levado a cabo pelos operacionais daquele Distrito.

 

Você pode partilhar este post!




Artigos Relacionados