Sábado, 21 de Nov 2020 24ºC Luanda, Angola

Recentes

UNITA mantem Congresso para Dezembro e suspende militantes que impugnaram o processo   DIIP desmantela rede de tráfico de seres humanos Mais de 90 quilos de cocaína e crack incinerados pelo SIC Segurança encontrado morto com tiro na cabeça no Cazenga
×

Aprovadas candidaturas para a direcção da JMPLA

Aprovadas candidaturas para a direcção da JMPLA


Os membros do Bureau Político do MPLA aprovaram ontem, em Luanda, as candidaturas ao cargo de primeiro secretário nacional da JMPLA, no quadro da preparação do VIII Congresso Ordinário da organização juvenil do partido, que vai decorrer de 10 a 12 deste mês na capital do país.

O Presidente do MPLA, João Lourenço, orientou os trabalhos da III Reunião ordinária do Bureau Político, coadjuvado pela vice-presidente e pelo secretário-geral, Luísa Damião, e Paulo Pombolo, respectivamente.

“O Bureau Político do MPLA aprovou as candidaturas ao cargo de Primeiro Secretário nacional da JMPLA, considerando-as capazes de potenciar a capacidade de mobilização da organização juvenil do partido no seio dos vários segmentos da juventude e nas acções patrióticas de preservação da paz e da unidade nacional, tendo recomendado a Comissão Nacional Preparatória para continuar com os trabalhos para a realização com êxito do VIII Congresso Ordinário da JMPLA”, esclarece o comunicado final lido pelo secretário para Informação do MPLA, Albino Carlos.

O comunicado final não revela o número e os nomes dos potenciais candidatos ao cargo de primeiro secretário nacional da JMPLA.
O Bureau Político apreciou, também, os documentos a serem submetidos ao VIII Congresso Ordinário da JMPLA e reforçou que o conclave visa adequar a organização às transformações políticas, sociais e económicas no país.

Os membros do Bureau Político congratularam-se com a realização do II Colóquio Internacional sobre a História do MPLA, a decorrer em Luanda de 4 a 6 de Dezembro deste ano, com o intuito de realçar a sua trajectória de luta e de vitória, tendo aprovado o plano de actividades e de eventos para o próximo ano, no âmbito da preparação do partido para “vencer o desafio de melhorar o que está bem e corrigir o que está mal.”

Recomendaram que a análise exaustiva da situação da seca no sul do país seja o tema de discussão da próxima sessão ordinária do Comité Central.

Você pode partilhar este post!




Artigos Relacionados