Sábado, 21 de Nov 2020 24ºC Luanda, Angola

Recentes

Dirigentes da UNITA temem concorrer com ACJ para não serem rotulados como traidores Exclusivo: Sakala e Katchiungo ‘escondem’ a sete chaves cartada final para o Congresso da UNITA Cazenga: Jovem encontrado morto com os dedos cortados e um rasgão com a letra M nas costas Máfia no recrutamento militar: SIC desmantela grupo de militares com mais de 110 bilhetes falsos
×

Empresas de segurança têm seis meses para desarmar os seus efectivos – PNA

Empresas de segurança têm seis meses para desarmar os seus efectivos – PNA


O director de Segurança Pública da Polícia Nacional, comissário Orlando Bernardo, disse, nesta terça-feira, 12, que as empresas de segurança privada têm seis meses para trocar as armas de guerra por armas de defesa, e que estão proibidas de transferir armas de uma província para outra.

“Já não podem transferir armas de Luanda, por exemplo, se abriu um posto em Benguela. Nenhuma arma de guerra é transferida de um sítio para outro. Depois de algum tempo essas armas vão começar a ser recolhidas também”, informou Orlando Bernardo.

De acordo com o oficial, o objetivo é controlar se as armas que vão para o crime, saem das empresas de segurança. “Muitas das armas em posse das empresas de segurança, são de má qualidade e são as que, normalmente, aparecem nos crimes”.

Você pode partilhar este post!




Artigos Relacionados