Sábado, 21 de Nov 2020 24ºC Luanda, Angola

Recentes

UNITA mantem Congresso para Dezembro e suspende militantes que impugnaram o processo   DIIP desmantela rede de tráfico de seres humanos Mais de 90 quilos de cocaína e crack incinerados pelo SIC Segurança encontrado morto com tiro na cabeça no Cazenga
×

UNITA diz que Rui Galhardo já não é seu militante

UNITA diz que Rui Galhardo já não é seu militante


O Secretariado Executivo do Comité Permanente da Comissão Política da UNITA tomou uma posição, esta segunda-feira, 22, face às declarações de Rui Manuel Galhardo Silva durante a abordagem feita há 3 dias junto da Procuradoria-Geral da República.

Por: Lito Dias

Para o partido liderado por Isaías Samakuva, o cidadão em causa já não tem nenhum vínculo com o partido.

No comunicado distribuído à imprensa, o partido do Galo Negro fez saber que não se opõe a quaisquer actos de cidadania por parte dos seus militantes, muito menos por parte dos seus simpatizantes ou dos angolanos em geral, em particular quando estiverem em causa os seus direitos constitucionais.

"A direcção da UNITA informa a todos os angolanos que neste preciso momento, o Sr. Rui Manuel Galhardo não tem nenhum vínculo de militância com a União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA); não exerce nenhuma função directiva na UNITA e não está incorporado em nenhum Comité da UNITA, pelo que, quando ele fala, fá-lo como cidadão", lê-se no comunicado.

Quanto à exposição de Galhardo, à saída da PGR, o Comité Permanente da UNITA condena "com veemência a extensa cobertura jornalística desse acto por parte dos órgãos públicos de comunicação social, os quais depois de se absterem rigorosamente de fazer a cobertura do lançamento da candidatura de Adalberto Costa Júnior, se permitiram fazer essa vergonhosa cobertura", pois o que pretendem, na óptica desse partido, "é denegrir a imagem do candidato a Presidente da UNITA".

No documento a que nos referimos, a direcção da UNITA lembra à opinião pública nacional e internacional "a prática reiterada de censura permanente dos órgãos públicos de comunicação social aos conteúdos relativos às actividades da UNITA, em clara violação à Constituição da República e à lei angolanas, pois com isso colocam-se instituições do estado a lesar o interesse público por estarem ao serviço do partido que governa".

"A UNITA afirma categoricamente que continua firme e coesa na defesa dos interesses do Povo Angolano”, refere, ao mesmo tempo que informa, por via da Comissão Organizadora, que prosseguem a bom ritmo os trabalhos preparativos do XIII Congresso Ordinário do Partido.

De recordar que Rui Galhardo intentou uma queixa-crime contra Adalberto Costa Júnior por alegadamente o pretender matar.

O NA MIRA DO CRIME também sabe que a UNITA também apresentou uma queixa-crime à PGR contra Galhardo por este alegadamente ter subornado médicos para forjarem documentos contra ACJ.

Você pode partilhar este post!




Artigos Relacionados