Angolanos em segundo lugar na lista de pedidos de asilo no Brasil - Na Mira do Crime
Sábado, 21 de Nov 2020 24ºC Luanda, Angola

Recentes

Filho mata a mãe ‘por engano’ no Huambo Lussaty e companhia começam a ser julgados hoje Mais de 40 corpos encontrados num camião abandonado no Texas Beneficiários do BPC Salário descontentes com morosidade denunciam actos de corrupção
×

Angolanos em segundo lugar na lista de pedidos de asilo no Brasil

Angolanos em segundo lugar na lista de pedidos de asilo no Brasil


O Brasil registou 29,4 mil solicitações de asilo em 2021. A maioria dos pedidos é de cidadãos da Venezuela; na sequência surge Angola, seguida por Haiti e Cuba. O levantamento foi feito recentemente pela Globonews, com base nos dados do Comité Nacional para os Refugiados daquele país sul-americano.

Por: Carla Nayara

O ano passado, segundo ano da pandemia da Covid-19, 29.484 mil pessoas de 115 diferentes nacionalidades entraram com pedido de  asilo no Brasil.

O volume é 2% maior que o registado em 2020, quando foram contabilizados  28.960 solicitações, mas  ainda bastante  abaixo dos mais de 82 mil conferidos em 2019.

Venezuela lidera com 23.147 solicitações. Na sequência surge Angola com 1962, seguida por Haiti, com 811 e Cuba com 557.

Dados consultados pelo NA MIRA DO CRIME indicam que Há uma pequena mas reconhecível comunidade de angolanos no Brasil composta principalmente de imigrantes e expatriados de Angola.

Em 2020, havia uma estimativa de 17 294 cidadãos angolanos registados no Brasil, a maioria estando no país com vistos de estudante ou de trabalho. 

Você pode partilhar este post!




Artigos Relacionados