ESPECIAL ELEIÇÕES: Presidente da CNE pede que cidadãos regressem à casa após exercerem o direit - Na Mira do Crime
Sábado, 21 de Nov 2020 24ºC Luanda, Angola

Recentes

Capturados marginais que violaram professora de 54 anos de idade, vítima foi golpeada com martelos na cabeça TALATONA: Marginais vestidos com coletes do SIC sequestram irmãs e pedem resgate de 2 milhões de Kwanzas DIIP-Zango detém marginal altamente perigoso de nome “Boutique” Grupo de marginais “Craveras” e “Os Tribunais” controlam parte do Zango 4
×

ESPECIAL ELEIÇÕES: Presidente da CNE pede que cidadãos regressem à casa após exercerem o direito de voto

ESPECIAL ELEIÇÕES: Presidente da CNE pede que cidadãos regressem à casa após exercerem o direito de voto


O Presidente da Comissão Nacional Eleitoral (CNE) Manuel Pereira da Silva “Manico”, pediu hoje aos cidadãos que regressem às respectivas casas, depois de exercerem o direito de voto no dia 24 de Agosto, aguardando pelos resultados das eleições-gerais.

O responsável fez notar que a CNE como órgão independente, tem a missão de conduzir as eleições de forma "transparente, isente e com lisura”.

Este pedido foi feito durante abertura de um Workshop sobre cobertura Eleitoral dirigida a jornalistas de distintos organização de comunicação social, provenientes das 18 províncias do País.

O Presidente da Comissão Nacional Eleitoral (CNE) exortou os partidos concorrentes às eleições de 24 de agosto a “cumprirem rigorosamente a lei”, em relação à forma de comunicar, “evitando levar os eleitores para momentos extremos”.

“Chamamos atenção aos partidos e coligações de partidos concorrentes que deverão fazer cumprir a constituição e a lei e o código de conduta no que diz respeito à forma de comunicação evitando levar os eleitores para momentos extremos”, disse o Manuel da Silva, fazendo referencia principalmente aos partidos políticos na oposição, com destaque para UNITA.

Para o efeito, o Presidente da Comissão Nacional destacou igualmente o papel dos órgãos de comunicação social, no processo de educação civil Eleitoral.

Você pode partilhar este post!




Artigos Relacionados