Amnistia: 2° Comandante Provincial do Bengo orienta tropa a redobrar esforços depois da aprovaçã - Na Mira do Crime
Sábado, 21 de Nov 2020 24ºC Luanda, Angola

Recentes

Novo aeroporto tem capacidade para movimentar 15 milhões de passageiros por ano LIMA realiza segunda reunião ordinária com olhos postos no empoderamento da mulher NOTA NEGATIVA: Péssimo trabalho do GCI-MININT condiciona trabalho da Imprensa Cidadão nigeriano detido pelas forças policiais de Belas com mais de cem placas electrónicas furtadas  
×

Amnistia: 2° Comandante Provincial do Bengo orienta tropa a redobrar esforços depois da aprovação da lei

Amnistia: 2° Comandante Provincial do Bengo orienta tropa a redobrar esforços depois da aprovação da lei


O Subcomissário José Amaro Franco, 2° Comandante Provincial do Bengo da Polícia Nacional, apelou aos efectivos a manterem a vigilância quanto a prevenção contra a Covid-19, em função dos casos que ainda existem no país, bem como manter a prontidão na prevenção e combate à criminalidade após a aprovação da proposta da Lei da amnistia pela Assembleia Nacional.

Por: Carla Nayara

José Amaro Franco falava, esta quinta-feira 17, durante uma formatura dos órgãos operativos do Comando Provincial do Bengo da Polícia Nacional, que teve lugar nas instalações da USPEP no Bengo.

Com o objectivo de baixar algumas orientações sobre a execução do trabalho operativo, o oficial  falou aos efectivos sobre os benefícios e objectivos da proposta Lei da amnistia, bem como a sua aplicação, uma vez que alguns cidadãos em conflito com a lei serão postos em liberdade, o que obrigará das forças policiais uma vigília redobrada, no âmbito da prevenção criminal.

O oficial comissário falou também sobre o profissionalismo dos agentes reguladores de trânsito, tendo em atenção a prevenção à sinistralidade rodoviária uma vez que no próximo dia 20 do corrente mês e ano comemora-se o dia mundial em memória as vítimas da estrada, apelando aos especialistas de trânsito para responsabilidades acrescidas para redução das mortes nas estradas, uma vez que, em Angola, a sinistralidade rodoviária é a segunda maior causa da morte depois da malária.

"Todos nós temos algumas responsabilidades, não baixar a disciplina, os efectivos da PNA devem ser organizados, assíduos e com postura profissional", frisou, o 2° Comandante Provincial José Amaro Franco que apelou, igualmente, aos efectivos a aderirem à próxima campanha de vacinação contra a Covid-19.

Franco, elogiou ainda o empenho dos efectivos durante a operação “Pincel Azul” tendo em conta os resultados alcançados até a presente data.

Participaram da referida formatura, o Subcomissário Helena Vaz de Almeida 2°Comandante Provincial do Bengo da PNA, membros do Conselho Consultivo da PNA no Bengo, efectivos dos órgãos operativos do Comando Provincial, na categoria de oficiais, subchefes e agentes.

Você pode partilhar este post!




Artigos Relacionados